Como registrar o nome da sua empresa na internet – A importância da unicidade de nomenclatura

Qualquer pessoa que abre um negócio com a visão de empreendedor adequada, visa o crescimento eventual e exponencial de sua marca. É de extrema importância que o nome seja marcante, logo que ele é a principal ferramenta de criação de identidade da sua marca, além de ser um componente importante do marketing boca-a-boca feito pelos seus clientes.

Acontece que, com o crescimento do empreendedorismo, tornou-se necessário expandir os quesitos de escolha, que antes resumiam-se a como o nome soava, se ele era adequado ao nicho e fácil de lembrar. Agora, é preciso que a sua marca seja única. Na verdade, isso é importante não só para a construção de identidade e originalidade da marca, mas também para evitar possíveis cópias futuras, em caso de expansão nacional, por exemplo.

O ideal é que você escolha um disponível no mercado; e para garantir que isso aconteça, você não irá utilizar o primeiro nome que vier à sua cabeça, por mais que goste muito dele. Quando pensar na nomenclatura, busque inspiração e escolha várias opções. Em seguida, veja qual está disponível para uso.

– Passo a passo do registro

Após o difícil e decisivo processo de escolha do nome da empresa, o registro deve ser feito via internet. A solicitação é rápida e simples, sem muita burocracia. Ela é feita no site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial e é 100% online. No entanto, o ideal é que você solicite após ter pesquisado e comprovado a inexistência de registro anterior.

Para descobrir essa informação, você deve olhar a lista de registro do IPNI, buscando pela palavra-chave do seu nome. Porém, você pode incrementar essa pesquisa de singularidade através das redes sociais. Você pode buscar pelo nome no Instagram, Facebook e no Google, por exemplo.

– Custo do registro no IPNI

Visto a comprovação da necessidade de singularidade do nome, o custo é relativamente baixo e justo. Contudo, ele varia de acordo com o tamanho da sua empresa. Por isso, é altamente recomendado que você o faça no começo da sua jornada. Além do tamanho, é preciso estar ciente de que a taxa não te dá direito vitalício pelo nome.

O primeiro pagamento é feito para a solicitação. Em caso de aprovação, você paga uma taxa que também se difere de acordo com o porte empresarial. Essa última taxa é destinada à permissão do uso por 10 anos. Após o tempo determinado, o processo acontece novamente, a menos que você deseje mudá-lo.